IBGE divulga edital para concurso com 6.500 vagas

O contrato de trabalho terá duração de até um ano, com possibilidade de prorrogação

O ano começou com força total para os concurseiros, o que não falta são oportunidades para quem tanto procura uma estabilidade financeira.

O IBGE divulgou edital para ocupação de 6.500 vagas temporárias para as pesquisas feitas regularmente pelo Instituto, tendo como temas a educação, trabalho, saúde e economia.

Concurso IBGE 2021

O próximo edital autorizado do IBGE irá selecionar até 6.500 temporários de níveis médio e superior. O contrato de trabalho terá duração de até um ano, com possibilidade de prorrogação. Confira a seguir a distribuição das vagas ofertadas no processo seletivo:

Agente de pesquisa e mapeamento (nível médio) – 5.623 vagas
Supervisor de coleta e qualidade (nível médio) – 552 vagas
Agente de pesquisa por telefone (nível médio) – 300 vagas
Supervisor de pesquisa (nível superior) – 25 vagas

Censo 2021 – Editais previstos

O Censo Demográfico é um levantamento realizado a cada 10 anos que serve como referência para conhecimento das condições de vida da população em todo o país. Por meio da pesquisa, é possível identificar o número de pessoas que residem no Brasil, sexo, faixa etária, onde e como elas vivem. Um novo Censo está previsto no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2021. Desta forma, o IBGE deve realizar pelo menos três concursos em breve para selecionar profissionais que irão atuar na pesquisa. O processo já havia sido iniciado em 2020, mas foi suspenso por conta da pandemia e será retomado nos próximos meses.

Ao todo, a seleção vai ofertar 208.695 vagas temporárias para níveis fundamental e médio, assim distribuídas:

Nível fundamental

  • Recenseador – 180.557 vagas

Nível médio

  • Agente censitário municipal – 5.462 vagas
  • Agente censitário supervisor – 22.676 vagas

BJ vence NOMA nas penalidades e garante vaga na final da Copa Moral 2020/21

A equipe do B.J de Bom Jesus das Selvas garantiu vaga na final da Copa Moral de Clubes, vencendo o NOMA Nova Olinda nas penalidades.

Em dois grandes duelos travados nos dois últimos finais de semana, NOMA de Nova Olinda e B.J de Bom Jesus das Selvas, brigaram até o último instante pela vaga na final da Copa Moral de Clubes 2020/2021.

Na tarde deste domingo (17), no estádio municipal Hassan Sabry (Sabryzão), o B.J vence o NOMA no tempo normal pelo placar de 1 x 0 e empatou a decisão em 2 x 2 no placar agregado.

A definição da última foi emocionante, com várias chances de gols de lado a lado. Mais uma vez a estrela do goleiro Lucas de Nova Olinda brilhou, sendo ele o grande nome da equipe do NOMA.

No 1º tempo de jogo, a equipe da casa abriu  o placar aos 29 minutos, depois de uma falha de marcação no setor de defesa. Ratinho (10), encontrou o espaço e fez uma assistência perfeita para o atacante Robson Piauí (9), que na saída de Lucas mandou para as redes.

Na segunda etapa, o BJ fez uma grande pressão sobre o NOMA. Aos 39 minutos, o jogador Eduardo (7), recebeu uma chance de ouro, no cruzamento vindo da direita, já sem goleiro, Eduardo acabou perdendo o gol do empate, que seria o gol da classificação.

A definição da última vaga foi para as penalidades, onde a equipe do BJ venceu por 4 x 2. O time do NOMA perdeu duas penalidades chutadas para fora, com Marcelo e Pica Pau.

B.J de Bom Jesus da Selvas e Comercial Borges de Turiaçu decidirão o título da Copa Moral de Clubes 2020/2021.

As Rádios Liberdade, Ieshuá, Cidade, Cultura e Digital fizeram a transmissão do jogão. A Rádio Liberdade 96,1, com sua equipe de esportes comandada por Ildevane Rodrigues, Walber Diniz, Iane Salazar e com a participação de Cícero Ferraz, levaram aos ouvintes as emoções do grande jogo.

Fotos da Assessoria do B.J  e Rádio Liberdade

Nova Olinda do MA registra 01 caso de COVID 19 nesta segunda-feira

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 16:30 horas desta  segunda-feira (18), o Boletim Epidemiológico, onde foi registrado UM (01) caso de COVID 19 nas últimas 24 horas em Nova Olinda do Maranhão.

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 935 testes.

O número de casos confirmados subiu de 397 para 398 desde o início da Pandemia.

169  pacientes do sexo masculino e 229 pacientes do sexo feminino.

389 pacientes já estão curados em Nova Olinda do Maranhão.

Apenas DOIS (02) casos segues ativos em Nova Olinda do Maranhão

Polícia Federal anuncia edital com 1,5 Mil vagas com salário de até R$ 23 mil

As avaliações estão previstas para o dia 21 de março, em todas as capitais

Nesta sexta-feira (15), a Polícia Federal divulgou o edital para o concurso que oferece 1.500 vagas e tem o objetivo de convocar mais de 500 excedentes. O salário pode chegar até R$ 23 mil.

Inscrições

As inscrições vão ter início no dia 22 de janeiro e se estendem até o dia 9 de fevereiro. Os candidatos interessados devem fazer o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150 e R$ 250, o preço pode variar de acordo com o cargo escolhido para concorrer.

As vagas são para:

  • 123 vagas de delegado
  • 400 vagas de escrivão
  • 84 vagas de papiloscopista
  • 893 vagas de agente

Avaliação

As avaliações estão previstas para o dia 21 de março, em todas as capitais. Além das provas objetivas e discursivas, os candidatos também passaram por:

  • Exame de aptidão física
  • Avaliação médica e psicológica
  • Prova oral e prova de digitação para os cargos de delegado e escrivão, respectivamente
  • Avaliação de título
  • Investigação social

Os candidatos selecionados serão convocados para o curso de formação, durante 10 semanas na Academia Nacional de Polícia, em Brasília.

Fonte: O Imparcial

Maranhão recebe 123.040 mil doses de vacina contra COVID 19

Ao todo, a região Nordeste recebeu 1.200.560 unidades da vacina. Dessas, o Maranhão recebe 123.040 mil doses

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que a vacinação no Brasil contra a Covid-19 deve começar ainda nesta segunda-feira, por volta das 17 horas. As vacinas já foram distribuídas aos estados durante evento no Centro de Distribuição Logística do Ministério da Saúde, localizado em Guarulhos (SP), que simbolizou o repasse das doses.

A ideia do ministro era iniciar a vacinação só na terça-feira (19), mas de acordo com Pazuello, após ouvir os governadores, a vacinação pode sim iniciar já neste primeiro dia nos maiores centros urbanos em cada estado.

“Depois de ouvir os governadores, chegamos à decisão de que estamos distribuindo hoje as vacinas aos Estados. A gente pode colocar a ideia de que hoje no final do expediente os Estados começarão a vacinar no município principal. Acho que a gente pode começar hoje no final do expediente”, afirmou Pazuello.

O secretário de saúde do estado do Maranhão, Carlos Lula, também esteve presente durante a cerimônia simbólica do repasse de vacinas, em Guarulhos. Em sua rede social digital Twitter ele anunciou que já estava em posse das vacinas que devem chegar ao estado ainda nesta segunda (18). Confira o vídeo abaixo:

O Imparcial

Pacientes de Manaus começaram a ser transferidos a oito Estados, diz ministério

BRASÍLIA – O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira, 15, que pacientes com a covid-19 internados em Manaus (AM) começaram a ser transferidos para hospitais de oito capitais. O Amazonas vive uma crise sanitária ainda pior do que a que foi registrada no auge da pandemia da covid-19 em 2020. O número diário de novas internações é o mais alto já registrado, tendo duplicado nas últimas duas semanas. Manaus concentra a maior parte das hospitalizações no estado e enfrenta falta de oxigênio para atender a todos os pacientes.

“As transferências ocorrerão por via aérea e já estão garantidos – de imediato – 149 leitos: 40 em São Luís (MA); 30 em Teresina (PI); 15 em João Pessoa (PB); 10 em Natal (RN); 20 em Goiânia (GO); 04 em Fortaleza (CE); 10 em Recife (PE) e 20 no Distrito Federal”, afirma a Saúde. Os voos partem a partir desta sexta-feira, ainda conforme nota do ministério. A estimativa do governo do Amazonas é de que até 700 pacientes podem ser transferidos nos próximos dias.

Além destes que serão transportados pela FAB, pacientes de covid-19 têm usado aviões particulares para buscar atendimento em outras cidades. A reportagem registrou a chegada de um jatinho com um doente no aeroporto de Brasília, na manhã desta sexta-feira. O paciente, não identificado, foi transportado deitado de bruços na maca, técnica usada para facilitar a ventilação nos pulmões, e recebido por uma ambulância de uma rede particular de saúde.

O ministério afirma que a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), responsável pela gestão de hospitais universitários federais espalhados pelo País, também disponibilizou leitos aos pacientes.

“O transporte será feito em parceria com o Ministério da Defesa por duas aeronaves da Força Aérea Brasileira com capacidade de 25 pacientes deitados em macas dentro de voos”, afirma a Saúde. Também é avaliado realizar o transporte em aeronaves civis. “O deslocamento será realizado com a presença de profissionais médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para prestar atendimento aos pacientes”, completa a pasta.

O ministério afirma que o governo federal enviou nesta semana 5 mil metros cúbicos de oxigênio ao Estado. A demanda diária é de 70 mil metros cúbicos, segundo o governo local. “Tanto pequenas quanto médias empresas que envasam o gás pelo país informaram que incrementarão suas produções para suprir a demanda”, afirma a Saúde.

O Estadão

Nova Olinda do MA tem apenas 01 caso ativo de COVID 19

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 15:30 horas desta  quinta-feira (14), o Boletim Epidemiológico, onde foi registrado dois (02) casos de COVID 19 nas últimas 24 horas em Nova Olinda do Maranhão.

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 925 testes.

O número de casos confirmados subiu de 395 para 397 desde o início da Pandemia.

168  pacientes do sexo masculino e 229 pacientes do sexo feminino.

389 pacientes já estão curados em Nova Olinda do Maranhão.

Apenas um (01) caso segue ativo em Nova Olinda do Maranhão

Ipea aponta inflação de 6,22% para as famílias mais pobres em 2020

Habitação e alimentos impactaram inflação das famílias de menor renda

A taxa de inflação para as famílias de renda mensal mais baixa –  menor que R$ 1.650,50 – foi de 1,58% em dezembro de 2020. Na faixa que representa as famílias de renda mais alta (com rendimento domiciliar superior a R$ 16.509,66), a variação foi de 1,05%, com uma diferença de 0,53 ponto percentual entre os dois grupos. No acumulado do ano, enquanto a inflação das famílias de renda mais baixa teve elevação de 6,22%, o segmento de renda alta registrou taxa menor: 2,74%.

Os dados constam do Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda referente a dezembro, divulgado hoje (15), no Rio de Janeiro, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

“Embora tenha se mantido em dezembro o padrão inflacionário presente nos últimos meses, caracterizado pela aceleração dos preços dos alimentos no domicílio, o reajuste da energia elétrica e a alta nos preços dos serviços livres se revelaram focos de pressão adicionais no orçamento das famílias”, informou o Ipea.

Segundo o estudo, os segmentos de habitação e alimentos e bebidas foram os que mais impactaram a inflação das famílias de menor renda, impulsionados pela alta de 9,3% nas tarifas de energia e pelos aumentos no preço do gás de botijão (2%), arroz (3,8%), feijão (3,3%), batata (7,3%) e carnes (5,6%).

Erlanio Xavier é reeleito presidente da FAMEM nesta quinta-feira

Recebendo 112 votos, a Chapa 1 Sálvio Dino foi eleita com Erlanio Xavier vencendo a candidatura contra o concorrente Fábio Gentil

A eleição para presidência da Federação dos Municípios do Maranhão (FAMEM) que ocorreram nesta quinta-feira (14) resultou em Erlanio Xavier como reeleito para o cargo no período do biênio de 2021 e 2022.

Recebendo 112 votos, a Chapa 1 Sálvio Dino foi eleita com Erlanio Xavier, também prefeito do município de Igarapé Grande, no interior do Maranhão, vencendo a candidatura contra o concorrente Fábio Gentil, prefeito de Caxias, com diferença de 12 votos contados.

Em sua rede social, o prefeito de Igarapé Grande publicou um agradecimento aos eleitores, dizendo:

“A vitória é nossa! A chapa Sálvio Dino recebeu 112 votos na eleição de hoje. Seguiremos representando os prefeitos e prefeitas maranhenses pelos próximos dois anos. Obrigado a todos que nos deram este voto de confiança.
O fortalecimento do municipalismo continua!”

O Imparcial

Treze cidades do Amapá voltaram a ficar sem energia elétrica

Empresa diz que o problema foi sanado e o fornecimento restabelecido

Um novo apagão elétrico atingiu o Amapá na tarde de hoje (13). O problema teve origem em um trecho da linha de transmissão pertencente à empresa Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE) e afetou as mesmas 13 cidades que, entre outubro e novembro de 2020, passaram 21 dias sem energia elétrica devido a um incêndio em uma subestação energética de Macapá pertencente a LMTE.

A empresa concessionária do serviço público informou que o problema foi rapidamente sanado e o fornecimento restabelecido. Em nota, a LMTE classificou o problema na linha de transmissão energética de Laranjal a Macapá como uma “ocorrência externa ao seu controle”.

Sem fornecer detalhes sobre a causa do problema, a empresa se limitou a informar que “tal evento ocorre diariamente no Brasil” e “expõe a fragilidade do sistema de energia do Amapá, que não conta com redundância [de sistemas] devido à questão de planejamento setorial”.

Ainda de acordo com a empresa, não houve danos à subestação de Macapá ou aos três transformadores em funcionamento na capital.

Também em nota, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), responsável por distribuir a energia para todo o estado, informou que aguardará por informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e que o problema não teve qualquer relação com a distribuição. De acordo com a companhia, o fornecimento começou a ser restabelecido perto das 16h20 (17h20 em Brasília).

Agência Brasil