Justiça nega liminar de Eurico e presidente do Vasco deve ser escolhido dia 15

0

Eurico Miranda sofreu mais uma derrota na tentativa de validar os votos da urna 7, durante a primeira fase do pleito para definir o futuro presidente do Vasco. Nesta terça-feira, o desembargador José Carlos Varanda dos Santos indeferiu o pedido de liminar de mandado de segurança feito pelo atual mandatário do clube, no qual ele solicitava uma perícia mais completa na urna 7. A medida era vista pelos opositores como “forma de ganhar tempo”.

Pelo cronograma eleitoral vascaíno, os conselheiros vão ser reunir no próximo dia 15 para escolher o mandatário que comandará o clube no triênio 2018-2020.

Caso fosse acatada a liminar do Vasco, não seria possível realizar o final do pleito no dia 15. Ciente disso, o Vasco havia solicitado também que a atual gestão fosse mantida no comando do clube até uma definição.

A oposição comemorou vitória, mas não descarta novas tentativas da situação do Vasco tentar adiar o pleito.

A decisão mantém a chapa de Julio Brant, principal opositor de Eurico, vitoriosa na primeira parte do pleito. Assim, ele passa a ser favorito para ser eleito pelos conselheiros o novo presidente.

ENTENDA O CASO

A eleição no Vasco é dividida em duas fases.

Na primeira fase, os sócios votam nas chapas formadas por conselheiros. A chapa vencedora elege 120 conselheiros, enquanto a segunda colocada escolhe 30.

Na segunda fase, os novos 150 conselheiros se unem aos 150 conselheiros natos para, juntos, numa reunião do Conselho Deliberativo, escolherem o novo o presidente.

Na eleição das chapas, realizada em 8 de novembro, a chapa de Eurico foi vitoriosa graças aos votos computados na urna 7 – ele teve 90% de aprovação nesta urna, na qual votaram 475 sócios com menos tempo.

Suspeitando de fraude, a oposição solicitou a investigação da urna 7. Sem os votos nela, a chapa de Julio Brant, principal opositor de Eurico Miranda, torna-se vitoriosa no pleito por 1.935 votos a 1.683.

Fonte: ESPN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.