Boa notícia: Nova Olinda do MA não registra casos de COVID 19 nas últimas 24 horas

0

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 16:00 horas desta quinta-feira (06), o Boletim Epidemiológico, com uma boa notícia, onde não foi registrado nenhum novo caso positivo de COVID 19 nas últimas 24 horas.

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 673 testes.

O número de casos confirmados manteve-se em  312 em Nova Olinda do Maranhão desde o início da Pandemia.

135 pacientes do sexo masculino e 177 pacientes do sexo feminino.

300 PACIENTES RECUPERADOS

A boa notícia é que o total de pacientes recuperados  manteve-se em  300  pessoas que venceram o COVID 19.

Queimadas no Maranhão cresceram 73% em julho, aponta Inpe

0
Na região da floresta amazônica, o aumento foi ainda maior: 181%.

As queimadas no Maranhão cresceram 73,5% no mês de julho deste ano, em comparação com mesmo período de 2019. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Ao todo, foram 1871 focos de incêndio nos biomas cerrado, caatinga e amazônico, enquanto em 2019 ocorreram 1078 focos de queimadas.

No bioma Amazônia, o aumento das queimadas foi ainda maior: 181%. Enquanto em julho de 2019 ocorreram 86 focos de incêndio, em 2020 esse número subiu para 242. Apenas houve redução das queimadas na caatinga.

A maioria dos focos de incêndio em julho de 2020 esteve nas regiões nordeste e sudeste do estado. Veja o ranking das cidades abaixo:

  1. Mirador – 224 focos
  2. Fernando Falcão – 138 focos
  3. Tutoia – 111 focos
  4. Balsas – 89 focos
  5. Alto Parnaíba – 87 focos
  6. Urbano Santos – 79 focos
  7. Grajaú – 67 focos
  8. Riachão – 67 focos
  9. Barreirinhas – 65 focos
  10. Parnarama – 55 focos

No Brasil

O Inpe detectou um aumento de 27,9% nas queimadas em julho deste ano em relação ao mesmo mês de 2019 na Amazônia. Além disso, na última quinta-feira (30), 1.007 pontos de calor foram incluídos no sistema de monitoramento – segundo dia que mais queimou em julho nos últimos 15 anos. Agora, o recorde é de 1º de agosto deste ano, com 1.275 focos.

G1 Maranhão

Nova Olinda do MA registra um (01) caso de COVID 19 nas últimas 24 horas

0

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 18:00 horas desta quarta-feira (05), o Boletim Epidemiológico, que registrou um (01) novo caso positivo de COVID 19 nas últimas 24 horas.

O novo caso registrado é do sexo feminino.

23.07. 202o – 297  casos + 01 caso

24.07. 202o – 298  casos + 01 caso

27.07. 202o – 303  casos + 05 casos

28.07. 202o – 307  casos + 04 casos

29.07. 202o – 307  casos – Zero caso

30.07. 202o – 308  casos + 01 caso

03.08. 202o – 311  casos + 03 casos

04.08. 202o – 311 casos – Zero caso

05.08. 202o – 312 casos + 01 caso

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 672 testes.

O número de casos confirmados é de 312 em Nova Olinda do Maranhão desde o início da Pandemia.

135 pacientes do sexo masculino e 177 pacientes do sexo feminino.

300 PACIENTES RECUPERADOS

A boa notícia é que o total de pacientes recuperados  manteve-se em  300  pessoas que venceram o COVID 19.

Maranhenses em situação análoga à escravidão são resgatados em Santa Catarina

0
Os cinco trabalhadores são da cidade de Timbiras, no interior do Maranhão, e estavam alojados em situação precária de higiene e sem nenhum registro trabalhista.

Nove trabalhadores foram resgatados de uma plantação de cebola, na cidade de Ituporanga, em Santa Catarina, em situação análoga à escravidão. Cinco deles são da cidade de Timbiras, no interior do Maranhão, e estavam em alojamentos em situação precária de higiene e sem nenhum registro trabalhista.

O resgate foi durante uma operação do Ministério Público do Trabalho, Polícia Federal e Defensoria Pública da União.

Em um vídeo, o registro das condições em que viviam os trabalhadores. Alojamentos e local para as refeições sujos e com pouca estrutura. Mesmo no período de frio, os colchões onde dormiam ficavam no chão e as instalações elétricas eram precárias.

O local fica em Ituporanga, Santa Catarina, em uma plantação de cebola. Nenhum dos nove trabalhadores encontrados tinha registro na Carteira de Trabalho. Entre eles, cinco foram aliciados na cidade maranhense de Timbiras.

Segundo o Ministério Público do Trabalho, pagaram pela viagem de seis dias até o sul do país e ao chegarem na cidade tiveram que fazer compras e adquirir dívidas, que depois precisam ser pagas por eles – o que é proibido por lei.

Os trabalhadores foram resgatados, e o valor das verbas salariais e rescisórias pagas foi de aproximadamente R$ 90 mil.

“A situação deles terem vindo de Timbiras, no Maranhão, para essa região já foi bem complicada. Eles tiveram que pagar pela viagem, R$ 50 cada um. E, diante de falsas promessas, passaram seis dias viajando, uma viagem muito difícil e ainda seria descontado o valor da passagem, no valor de R$ 530, ao término do trabalho deles no plantio da cebola, que também não foi explicado quantos dias duraria”, relatou Cláudio Secchin, que é auditor fiscal do trabalho.

Segundo o auditor, 46 trabalhadores chegaram na cidade de Ituporanga, onde há o cultivo da cebola, e lá foram sendo distribuídos para os empregadores da região.

G1 Maranhão

Operação da PF desarticula quadrilha acusada de desviar recursos da Covid-19 no Maranhão

0
As ordens judiciais foram cumpridas em 06 cidades do Maranhão: São Luís, São José do Ribamar, Paço do Lumiar, Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte.

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (5), a operação “Falsa Esperança”, que desarticulou associação criminosa que fraudava licitações e desviava recursos públicos federais no Maranhão. A verba seria usada no enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) nos municípios de Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte.

As ordens judiciais foram cumpridas em seis cidades do Maranhão: São Luís, São José do Ribamar, Paço do Lumiar, Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte.

Investigação

De acordo com a PF, foram verificados indícios de superfaturamento de equipamentos de proteção individuais (EPI’s) e de simulação na

compra de respiradores pulmonares. As prefeituras de Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte pagaram pelos respiradores, mas os equipamentos nunca foram entregues.

Todas as aquisições foram realizadas por uma única empresa, sediada na cidade de Paço do Lumiar, que nunca havia atuado no ramo médico hospitalar. A investigação revelou ainda, que a empresa não tinha nenhum empregado e atuava com a comercialização de acessórios para ar-condicionados e de energia solar.

Segundo a Polícia Pederal, a empresa tinha um total de 69 atividades secundárias, que variavam desde a confecção de vestuário, segurança privada e até produção musical.

A operação

Cerca de 50 policiais federais cumpriram quatro mandados de prisão temporária e 13 de busca e apreensão. Além disso, os bens e contas dos suspeitos foram bloqueados.

Os investigados responderão pelos crimes de peculato, falsidade ideológica, fraude em processo licitatório, superfaturamento na venda de bens e associação criminosa.

A Operação foi denominada de “Falsa Esperança”, em referência a expectativa criada na população dos municípios de Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte de que as gestões municipais teriam adquirido de forma lícita equipamentos contra a covid-19, e que, ao fim, nunca chegaram a ser efetivamente entregues.

O Imparcial

Nenhum caso de COVID 19 nas últimas 24 horas em Nova Olinda do MA

1

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 16:10 horas desta terça-feira (04), o Boletim Epidemiológico, que não registrou nenhum novo caso positivo de COVID 19 nas últimas 24 horas.

A equipe que realiza o atendimento de pacientes com sintomas da COVID 19, fez o atendimento de apenas três (03) pacientes nesta terça-feira. Os três pacientes realizaram os testes, todos foram negativos.

23.07. 202o – 297  casos + 01 caso

24.07. 202o – 298  casos + 01 caso

27.07. 202o – 303  casos + 05 casos

28.07. 202o – 307  casos + 04 casos

29.07. 202o – 307  casos – Zero caso

30.07. 202o – 308  casos + 01 caso

03.08. 202o – 311  casos + 03 casos

04.08. 202o – 311 casos – Zero caso

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 670 testes.

O número de casos confirmados é de 311 em Nova Olinda do Maranhão desde o início da Pandemia.

135 pacientes do sexo masculino e 176 pacientes do sexo feminino.

300 PACIENTES RECUPERADOS

A boa notícia é que o total de pacientes recuperados  manteve-se em  300  pessoas que venceram o COVID 19.

Vacina de Oxford apresenta “resultados promissores”, diz reitora da Unifesp

0

Soraya Smaili, reitora da Unifesp, afirmou durante entrevista para a GloboNews nesta terça-feira (4) que a vacina contra a Covid-19 da Universidade de Oxford, que está sendo testada na instituição brasileira, é um imunizante seguro e uma candidata muito forte para uma campanha de vacinação.

“Temos resultados promissores. Temos uma candidata a vacina que provavelmente terá muita segurança”, disse para a emissora. Ela afirmou também que os testes nos primeiros voluntários foram bem sucedidos e não houve apresentação de reações adversas graves, apenas alguns pacientes relataram dores leves no local da aplicação. Outros experimentaram dores de cabeça, mas de acordo com Soraya, “tudo isso [era] mais ou menos previsto”.

A Unifesp conduz agora a terceira e última fase de testagem da vacina, uma das primordiais do processo: são realizadas aplicações em larga escala, com milhares de pessoas. A etapa ocorre também no Reino Unido e na África do Sul: 50 000 pessoas vão receber a vacina. 5 000 são brasileiros, divididos entre os estados de São Paulo, Bahia e Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade

Oxford já havia divulgado na revista científica The Lancet que os resultados da fase 1 e 2 mostraram que a vacina é capaz de desenvolver anticorpos contra a Covid-19.

Fonte: Veja São Paulo

UEMA divulga calendário para a realização do PAES/2021

0

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) aprovou nesta segunda-feira (03), por meio de reunião do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão – CEPE/UEMA, o calendário de aplicação de provas do PAES/2021.

Devido a situação de pandemia que vivemos o PAES foi alterado no seu formato, porém, não na sua essência, que é a de selecionar candidatos para os cursos de graduação da UEMA e UEMASUL. Teremos como principais datas a publicação das obras literárias no dia 17 de agosto de 2020 e na mesma data o edital de isenção do pagamento da taxa de inscrição. O edital de inscrição será publicado em 26 de agosto de 2020 com as inscrições on-line para o período de 02 a 27 de novembro 2020”, afirma a assessora de Seletivos e Concursos (ASCONS), Cristiane Pestana.

O Teste de Habilidade Específica para os candidatos que desejarem concorrer a uma vaga no curso de Música Licenciatura, será aplicado no dia 10 de janeiro de 2021.

As provas serão realizadas em etapa única, porém, em respeito as normas sanitárias vigentes, elas serão aplicadas em dois dias consecutivos nos dias 28 de fevereiro de 2021(domingo) e 01 de março de 2021 (segunda-feira).

As duas provas terão o mesmo perfil e grau de dificuldade. A divisão dos candidatos, por dia, deverá atender ao número de candidatos por curso/grupo oferecido pela UEMA e UEMASUL, de forma que haja um equilíbrio aproximado na quantidade de candidatos por dia.

A divulgação do resultado final está previsto para o dia  02 de abril de 2021.

Energia elétrica de inadimplentes pode ser cortada a partir de hoje

0

A energia elétrica dos consumidores inadimplentes pode voltar a ser cortada a partir desta segunda-feira (3), desde que os consumidores sejam avisados. As interrupções estavam suspensas por determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) desde o dia 24 de março.

Como o prazo final para a isenção ocorreu no sábado (1), os cortes só estão autorizados a acontecer a partir de hoje (3) porque o desligamento de serviços públicos não pode acontecer nas sextas-feiras, sábados, domingos e feriados.

Baixa renda

Segundo a Aneel, enquanto durar o estado de emergência da pandemia, continua proibido o corte para alguns grupos de consumidores. Conforme o Decreto Legislativo nº 6/2020, esse prazo atualmente vai até o final de 2020.

Neste grupo estão consumidores de baixa renda; unidades onde more pessoa que dependa de equipamentos elétricos essenciais à preservação da vida; unidades que deixaram de receber a fatura impressa sem autorização do consumidor, além daquelas cobradas em locais sem postos de arrecadação em funcionamento como bancos e lotéricas, por exemplo, ou nos quais a circulação de pessoas seja restringida por ato do poder público.

O Imparcial

Onyx admite caixa 2 e faz acordo para pagar R$ 189 mil e encerrar processo

0

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM), fechou acordo de não-persecução penal com a PGR (Procuradoria Geral da República) e pagará R$ 189 mil como prestação pecuniária para encerrar uma investigação sobre doações da JBS via caixa 2 em suas campanhas eleitorais de 2012 e 2014. O ministro admitiu o recebimento do dinheiro.

O documento foi assinado pelo procurador geral da República, Augusto Aras, e é o 1º do tipo fechado perante o STF (Supremo Tribunal Federal). Para que fosse possível o acerto, foi utilizado 1 instrumento conhecido como ANPP, regulamentado na Lei Anticrime, aprovada no final de 2019, que estabelece a possibilidade de acordo para crimes realizados sem violência e cuja pena mínima seja inferior a 4 anos. O objetivo é agilizar o encerramento de processos.

A pena do crime de caixa 2, configurado como falsidade ideológica eleitoral, é de reclusão de até 5 anos se o documento for público e de até 3 anos se o documento for particular. Por esse motivo, o acordo foi cabível no processo de Onyx.

O ministro pagará o dinheiro em uma só parcela, mas apenas depois da homologação do acordo pelo ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso no STF.

Delação da JBS

A ação é fruto das informações apresentadas pelos empresários Joesley e Wesley Batista em delação premiada sobre propinas pagas pela JBS em troca de favorecimentos junto ao poder público.

Em 2017, o atual ministro admitiu ter recebido R$ 100 mil da JBS via caixa 2. Onyx pediu desculpas pelo recebimento ilícito. Os irmãos Batistas afirmam que Onyx recebeu R$ 100 mil também em 2012.

Nota da defesa

Eis a nota divulgada pela defesa do ministro:

“A defesa do Deputado Federal Onyx Lorenzoni firmou acordo de não-persecução penal com a Procuradoria-Geral da República (PGR). Ele admitiu o recebimento de doações em sua campanha eleitoral para Deputado Federal e pagará R$ 189 mil como prestação pecuniária, recursos que buscará através de empréstimo bancário. Afirmamos que nosso cliente decidiu procurar as autoridades com a intenção de colaborar e dar um desfecho final ao processo. Recordamos também que, quando a delação da JBS veio a público, o Deputado Onyx desconhecia a origem do recurso.

Ademais, diante da nova legislação processual e com a intenção de solucionar isso de uma vez por todas, foi postulado junto à Procuradoria-Geral da República o acordo de não-persecução penal. Agora, esperamos que o Supremo homologue o acordo e a causa seja extinta.

Brasília/DF, 03 de agosto de 2020.”

Fonte: Poder360