Saiba quais as competências que o ENEM pede para a redação

O Exame nacional do Ensino Médio – ENEM vai ocorrer nos dias 04 e 11 de novembro. O ENEM é o principal meio de acesso ao ensino superior, tanto nas universidades federais quanto das particulares por meio de SISU. A prova do exame é dividida basicamente em duas: provas objetivas das principais áreas do conhecimento e uma redação. E é sobre a redação que você precisa ficar muito atento.

A redação é uma parte fundamental da prova, em casos de não pontuação o candidato já está eliminado. E para ir bem na “tão temida” redação o próprio Instituto Nacional de Estudos E Pesquisas Educacionais possui uma cartilha com as recomendações necessárias para um bom desempenho

Vejas às competências exigias na prova:

1-Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa

O participante deve saber e aplicar as regras de acentuação, pontuação, escrita. Em geral, todas as regras ortográficas.

2-Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de Conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto Dissertativo-argumentativo em prosa

É necessário ter interpretação textual e conseguir compreender o tema relacionando-o com outras áreas de conhecimento, mostrando assim repertório e contextualizando o tema.

3-Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e Argumentos em defesa de um ponto de vista

O terceiro aspecto a ser avaliado é a forma como você, em seu texto, seleciona, relaciona, organiza e interpreta informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa do ponto de vista escolhido como tese.

4-Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação

Nesse ponto é importante ter uma estruturação lógica e formal entre as partes da redação. A organização textual exige que as frases e os parágrafos estabeleçam entre si uma relação que garanta a sequencia e coerente do texto e a interdependência entre as ideias.

5-Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos

É a apresentação de uma proposta de intervenção para o problema abordado. Quais possíveis formas de sanar o problema ou melhorar no contexto apresentado.

Para fazer uma boa redação no ENEM é preciso ter bastante leitura, compreender os fatos políticos e históricos do Brasil e do mundo para ter repertório de argumentos e conseguir desenvolver um texto bem estruturado e conhecer as regras de escrita formal portuguesa. Leitura é fundamental para qualquer coisa.

Veja a cartilha completa do INEP clicando aqui

Prefeitura de Nova Olinda emite decreto que dispõe sobre feriado e ponto facultativo

A Prefeitura Municipal de Nova Olinda do Maranhão, através da prefeita Iracy Weba, emitiu nesta quarta-feira (03), o Decreto nº 059/2018 que dispõe sobre o feriado municipal do dia 04/10/2018, dia de São Francisco que é  o Padroeiro de Nova Olinda do Maranhão.

No mesmo Decreto nº 059/2018, fica determinado que dia 05/10/2018 (sexta-feira) será ponto facultativo.

DECRETO ABAIXO

Datafolha: Bolsonaro tem 32% das intenções de voto; Haddad tem 21%

BRASÍLIA – Nova pesquisa do Instituto Datafolha para presidente da República, divulgada nesta terça-feira (2), informa que Jair Bolsonaro (PSL) atingiu 32% das intenções de voto. Fernando Haddad (PT) foi escolhido por 21% dos entrevistados; Ciro Gomes (PDT), 11%; Geraldo Alckmin (PSDB), 9% e Marina Silva (Rede), 4%.

Conforme a pesquisa, João Amoêdo (Novo) é o candidato de 3% do eleitorado. Henrique Meirelles (MDB), Alvaro Dias (Podemos) e Cabo Daciolo (Patriota) estão empatados com 2% cada um. Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL), Eymael (DC) e Vera Lúcia (PSTU) não pontuaram no levantamento.

Oito por cento dos entrevistados indicaram a intenção de anular ou votar em branco; enquanto 5% disseram que não sabem em quem vão votar ou não quiseram responder. Como nos levantamentos anteriores, o nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Vamos aos números:

Jair Bolsonaro (PSL): 32%
Fernando Haddad (PT): 21%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Marina Silva (Rede): 4%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
Branco/nulos: 8%
Não sabe/não respondeu: 5%

A pesquisa, encomendada ao jornal Folha de S. Paulo, foi feita hoje (2) e entrevistou 3.240 eleitores em 225 municípios. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (BR-03147/2018).

Portal Imirante

Votar nulo ou em branco não faz diferença no resultado da eleição

BRASIL – Todo ano de eleição surgem as mesmas dúvidas: se mais da metade dos eleitores votarem em branco ou anularem o voto, a eleição é cancelada? O voto nulo ajuda a eleger o candidato favorito nas pesquisas? Nos dois casos a resposta é não.

De acordo com Arlindo Fernandes, consultor legislativo do Senado, votar nulo ou em branco apenas invalida o voto. E é sempre um recado do eleitor.

“É uma forma encontrada pelos eleitores para protestar contra o que quer que seja, como a obrigação de votar, ou contra todos os candidatos de um pleito, quando não querem escolher nenhum” explica.

Pesquisa de intenção de voto para presidente da República realizada a pouco mais de uma semana da eleição apontava que votos nulos e brancos somavam 12%, percentual maior do que o alcançado pela maioria dos presidenciáveis.

Como anular ou votar em branco

Nos sites de busca na internet, uma das perguntas mais frequentes é “como anular o voto?”. Nesse caso, o eleitor deve apenas digitar um número que não pertença a nenhum candidato, como por exemplo, “99” ou “0000”. A urna eletrônica informará na tela que o número é errado e o voto é nulo. Em seguida, aperta-se a tecla “confirma”.

Por outro lado, há poucas dúvidas sobre como votar em branco, já que basta apertar a tecla “branco” na urna eletrônica e, em seguida, apertar a tecla verde para confirmar.

Diferença entre nulos brancos

E qual a diferença entre votos brancos e nulos? Na prática, não é muita. Nenhum dos dois tipos de voto tem validade e, portanto, não são considerados na hora da contagem e não influenciam no resultado.

Por isso mesmo, a quantidade de votos brancos ou nulos também não tem poder de cancelar uma eleição, seja ela majoritária (maior número de votos válidos apurados) ou proporcional (mais da metade dos votos válidos apurados).

“A confusão existe, talvez, porque até o ano de 1997, o voto em branco era contado como válido nas eleições proporcionais, para deputado federal, estadual ou distrital, e para vereador” observa Fernandes.

Eleição anulada

Uma eleição, no entanto, pode ser invalidada quando mais de 50% dos votos forem anulados pela Justiça Eleitoral por motivo de fraude, como a compra de votos. De acordo com o artigo 224 do Código Eleitoral, nesse caso ficam prejudicadas as demais votações e será marcará uma nova eleição dentro do prazo de 20 a 40 dias.

E se 60% dos votos para presidente da República forem nulos e brancos? O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já se pronunciou a esse respeito: os 40% de votos dados aos candidatos serão os válidos, apesar de a Constituição estabelecer que o presidente deve ter 50% mais um dos votos válidos. Pelo entendimento do tribunal, “basta a um dos candidatos obter 20% mais um desses votos para estar eleito”.

Voto útil

Portanto, apesar de expressar a vontade do eleitor de não manifestar preferência por nenhum candidato, o voto nulo ou branco termina sendo desperdiçado na urna. Nesse sentido, existem alternativas. Uma delas é o voto de legenda, quando o eleitor digita apenas o número do partido e fortalece a chapa.

Muita gente também acaba optando pelo chamado voto útil — instrumento usado quando nenhum candidato tem mais de 50% da preferência do eleitorado e a saída é votar no considerado “menos pior”.

“O voto útil é o apelido que se dá no Brasil, hoje, quando o eleitor vota não em seu candidato predileto, mas em um candidato com mais chances de ganhar e também para tentar barrar a vitória de um determinado concorrente” acrescenta o consultor.

Portal Imirante

Música do Maranhão em alta: Fernando Atallaia lança canção “A Noite”

O cantor, compositor, músico, poeta, jornalista e produtor cultural maranhense Fernando Atallaia lançou seu mais novo sucesso, “A Noite”, balada que já vem fazendo a cabeça dos apreciadores da boa música do Maranhão. Fernando é autor de mais de 400 canções, nos mais variados ritmos e estilos.

Editor-chefe do conceituado blog de notícias Agência de Notícias Baluarte, “A Noite” já pode ser ouvida e vista no canal da B Music, do Brasil no Youtube.

O disco do artista sai nas lojas especializadas de todo o País em dezembro.

Abaixo, o clipe da canção:

Fonte: www.ellenascimento.com.br

Policial civil é golpeado com facão no município de Turiaçu

TURIAÇU – Um policial civil foi atingido por golpes de facão no município de Turiaçu, no início da noite dessa segunda-feira (1º).

Segundo informações, o investigador da equipe selva da Polícia Civil fazia diligência por um bairro do município quando sofreu o ataque. Ele teve cortes no rosto e no pescoço.

O policial foi socorrido e o estado dele é estável. A polícia procura o criminoso.

Confira a agenda dos candidatos ao governo para terça-feira

Os candidatos ao governo do estado do Maranhão intensificam a agenda de campanha para terça-feira (2). Dos candidatos que informaram a agenda de campanha, Roseana Sarney (MDB), Flávio Dino (PCdoB), Odívio Neto (PSOL)  e Roberto Rocha (PSDB) participam de debate

Confira a agenda completa:

Flávio Dino (PCdoB)

22h – Participa de debate em emissora de televisão local

Maura Jorge (PSL)

A agenda da candidata não foi informada

Odívio Neto (PSOL)

Reunião com a coordenação de campanha para preparação ao debate em emissora de televisão local

Ramon Zapata (PSTU)

A agenda do candidato não foi informada

Roberto Rocha (PSDB)

9h – Reunião no Comitê (em São Luís)
22h – Debate em em emissora de televisão local

Roseana Sarney (MDB)

22h – Participa de debate em emissora de televisão local

Eleições 2018: 161 urnas serão utilizadas na 80ª Zona Eleitoral domingo

No próximo domingo (07), 161 urnas eletrônicas serão utilizadas pela Justiça Eleitoral na 80ª Zona Eleitoral, que compreende os municípios de Santa Luzia do Paruá, Nova Olinda do Maranhão e Presidente Médici.

Na 80ª Zona Eleitoral estão aptos a votar 34.802 eleitores nos três municípios.

SANTA LUZIA DO PARUÁ – 16.737

NOVA OLINDA DO MARANHÃO – 12.789

PRESIDENTE MÉDICI – 5.276

As 161 urnas já foram carregadas e lacradas na sede do Cartório da 80ª Zona Eleitoral em Santa Luzia do Paruá.

As urnas serão entregues pela equipe do Cartório Eleitoral nas seções de acordo com o cronograma.

No dia da eleição, haverá um ponto de apoio dos técnicos do Cartório Eleitoral no C.E Teresinha Alves Rocha (Escola do Estado) na cidade de Nova Olinda do Maranhão.

TSE recebe 16.169 denúncias de irregularidades no processo eleitoral

BRASIL – Os eleitores denunciaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 16.169 atos irregulares cometidos pelos candidatos e seus aliados durante o atual período eleitoral, até agora. A maioria das irregularidades denunciadas por meio do aplicativo Pardal foi de propaganda irregular – 11.019 registros.

O Pardal foi lançado pelo TSE em 2016 e atualizado este ano com o objetivo de colocar os cidadãos como fiscais da campanha e protagonistas do combate à corrupção eleitoral. Pelo aplicativo, é possível fazer denúncias de propaganda de rua irregular, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais, doações e gastos na campanha.

As denúncias dos eleitores são apuradas pela Justiça Eleitoral e pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Eventuais irregularidades nos programas eleitorais de rádio e televisão, além de infrações relacionadas aos candidatos a presidente e vice-presidente da República, não são processadas pelo Pardal e devem ser encaminhadas ao MPE.

Compra de votos

A região com maior número de denúncias foi o Nordeste: 5.937, o que representa 36,7% do total. Da região Sudeste saíram 4.511 registros, sendo 2.379 de São Paulo, o maior colégio eleitoral do país. Os moradores dos estados do Sul fizeram outras 2.338 denúncias e do Centro-Oeste, 2.040. Dos sete estados do Norte foram feitos 1.343 registros.

O TSE recebeu 307 denúncias de compra de votos, feitas pela população, sendo 30 de Pernambuco, 29 de São Paulo e 23 do Distrito Federal. Nesta segunda-feira, a Polícia Federal realizou, em Roraima, a Operação Cheque Benefício, para desarticular um esquema de compra de votos em troca de benefícios previdenciários.

Outras 2.477 denúncias foram de crimes eleitorais em geral, 1.007 de uso da máquina pública em favor de candidatos ou partidos e 107 envolvem doações e gastos de campanha. Mais 1.252 registros referem-se a atos eleitorais variados.

Portal Imirante

Atropelamento na BR 316 em Araguanã deixa um morto

Um homem morreu neste último domingo (30) após ser atropelado no km 173, 7, da BR 316, município de Araguanã, Maranhão.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 20h45. A vítima identificada como Antônio dos Santos Sousa, de 49 anos, trafegava em uma bicicleta quando foi atropelada por um veículo, não identificado, que se evadiu do local sem prestar socorro.

Mais informações ainda estão sendo apuradas e o caso está sendo investigado.