Clonagem de WhatsApp cresce no Maranhão

0

Nos últimos dias quatro deputados tiveram o celular clonado no Maranhão, segundo a Polícia. A investigação dos casos está sendo feita em sigilo pelo Departamento de Crimes Tecnológicos da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Esse tipo de golpe está se tornando comum e envolve usuários do WhatsApp. Os criminosos clonam os números telefônicos e os utilizam para pedir dinheiro para parentes e amigos das vítimas. Só que o pedido de alguém muito próximo pode ser um golpe, de acordo com a polícia.

Os criminosos desativam o chip da vitima e reativam no aparelho celular da quadrilha que eles pertencem. Ou seja: mesmo aparecendo o nome do familiar na tela durante uma conversa, quem está por trás é um bandido.

Desde 2016 casos como estes são registrados no Brasil. De acordo com a polícia, nos últimos dias novas vítimas estão sendo feitas por uma quadrilha que tem atuação interestadual.

“Há casos de vítimas que estão fora do estado do Maranhão e que chegam para a gente. A gente está fazendo a investigação em cima dessas pessoas que foram vítimas em outros estados”, afirmou o delegado do Departamento de Crimes Tecnológicos, Odilardo Muniz.

De acordo com o Departamento de Combate a Crimes em Internet, existem algumas dicas para evitar cair no golpe da clonagem. O passo a passo é o seguinte:

  1. Ir em ‘Configurações’ do Whatsapp
  2. Depois em ‘Conta’
  3. Ir em ‘verificação em duas etapas’
  4. Ativar
  5. Por fim, colocar uma senha e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.