NOVA OLINDA DO MARANHÃO: Prefeita Iracy Weba realiza entrega de Consultório Odontológico completo à comunidade de Monte Alegre

0

Do Blog do Chico da Voz

Nesta terça-feira(25) a prefeitura de Nova Olinda do Maranhão, através da Secretaria de Saúde, realizou a entrega do fez a entrega à população  um consultório odontológico completo, no Posto de Saúde do da comunidade de Monte Alegre. O evento contou com a presença da Prefeita Iracy Weba (PV). Na oportunidade ela estava acompanhada por assessores; o vereador Valter Sousa, a Secretária de Saúde Cristina Coelho ; o cirurgião dentista Pablo Mendes e a coordenadora de saúde bucal do município Claudia Rejane.

Este Consultório Odontológico irá ofertar assistência  a todas as famílias daquela comunidade.
Este é sempre o nosso compromisso de governo, de levar assistência para a população, mesmo nas comunidade mais distantes; o povo de Monte Alegre merece atenção especial“, ressaltou a prefeita Iracy Weba.

Alcolumbre cancela trecho de MP sobre demarcação de terras indígenas

0

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), decidiu desconsiderar trecho da Medida Provisória (MP) 886, editada pelo presidente Jair Bolsonaro, que transferia a atribuição de demarcar terras indígenas da Fundação Nacional do Índio (Funai) para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O restante da MP continuará tramitando normalmente. Alcolumbre argumentou que a Constituição não permite o envio de duas MPs com o mesmo tema dentro do mesmo ano.

Alcolumbre considerou as alterações “não escritas”. “Estou considerando não escritas as alterações […], devolvendo-as ao senhor presidente da República”, disse. “Informo que o parágrafo 62 da Constituição é claríssimo ao afirmar que é vedada a reedição, na mesma sessão legislativa, de Medida Provisória que tenha sido rejeitada ou tenha perdido sua eficácia por decurso de prazo”, completou.

A transferência das demarcações para a pasta da Agricultura estava prevista na reestruturação administrativa realizada pelo governo federal, ainda em janeiro. No entanto, em maio, a mudança não foi aprovada pelo Congresso, que devolveu a atribuição de demarcar terras indígenas à Fundação Nacional do Índio (Funai), vinculada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Na semana passada, uma nova medida foi editada por Jair Bolsonaro para manter as demarcações na pasta da Agricultura.

Ontem (24), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso considerou inconstitucional o trecho da MP, ao atender a um pedido liminar, feito no dia 20, pelos partidos PT, PDT e Rede Sustentabilidade.

Fonte: Agência Brasil

SEMEJ abre inscrições para a Taça Cidade de Futsal Feminino 2019

0

A Secretaria Municipal de Esportes e Juventude (SEMEJ) de Nova Olinda do Maranhão, está com inscrições abertas para as disputas de futsal na categoria feminino.

As inscrições serão realizadas por meio da assinatura do Termo de Compromisso que está disponível na sede da SEMEJ na Avenida do Comércio – Centro (ao lado da Congregação Cristã do Brasil).

As inscrições estarão disponíveis até o próximo dia 03 de julho. A competição ocorrerá no mês de julho, iniciando no dia 11/07.

A competição feminina faz parte do calendário oficial de competições da SEMEJ e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Nova Olinda do Maranhão.

 

STF decide manter Lula preso até julgamento de suspeição de Moro

0

Depois de negarem um recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta terça-feira, 25, os ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) não seguiram uma proposta do ministro Gilmar Mendes para que o petista ficasse em liberdade até o julgamento do habeas corpus que pede a suspeição do ex-juiz federal e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. 

www.veja.com

Mais de 53,5 milhões de pessoas já se vacinaram contra a gripe

0

Mais de 53,5 milhões de pessoas dos grupos prioritários, entre eles, professores, gestantes, profissionais das forças de segurança de salvamento, crianças e idosos, procuraram os postos de saúde, onde se vacinaram contra a gripe, até essa segunda-feira (24). Também foram vacinadas 5,6 milhões de pessoas que não integram os grupos prioritários.

De acordo com o Ministério da Saúde, os dados mostram ainda que 18 estados e o Distrito Federal conseguiram vacinar 90% do público-alvo. No total, foram distribuídas 59,5 milhões de doses para todo o país. Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade.

“Apesar de atingir a meta nacional, nem todos os grupos conseguiram alcançar os 90% de cobertura: crianças (82,8%), gestantes (81,8%), pessoas com comorbidades (86,3%), profissionais das forças de segurança e salvamento (48,5%) e população privada de liberdade (74,8%) ficaram com a vacinação abaixo do ideal. Isso significa que mais de 2,6 milhões de crianças e 3,8 milhões de gestantes deixaram de se vacinar”, informou o ministério.

Atingiram a meta de vacinação os trabalhadores de saúde (90%), puérperas (103,4%), indígenas (95,2%), idosos (98,2%), professores (104,4%) e funcionários do sistema prisional (124,2%).

Quanto à cobertura vacinal nos estados, oito não alcançaram a meta de 90%: Acre (86,7%), Bahia (86%), Rio de Janeiro (86,9%), São Paulo (84,7%), Paraná (86,9%), Santa Catarina (86,8%), Rio Grande do Sul (86,5%) e Mato Grosso do Sul (89,8%).

Fonte: Agência Brasil

Arrecadação federal de maio chega a R$ 113,2 bilhões

0

A arrecadação das receitas federais somou R$ 113,278 bilhões em maio de 2019, informou hoje (24) a Secretaria da Receita Federal do Ministério da Economia (SRF). Houve aumento real (descontada a inflação) de 1,92%, na comparação com o mesmo mês de 2018. Esse foi o maior resultado para o mês de maio desde 2014, quando a arrecadação ultrapassou R$ 116 bi.

No acumulado do ano (de janeiro a maio), as receitas federais totalizaram uma arrecadação de R$ 637,649 bilhões, um aumento real de 1,28% em relação ao mesmo período de 2018, quando haviam sido arrecadados R$ 603,400 bilhões.

Entre os setores da economia, contribuíram para o aumento na arrecadação a venda de bens e de serviços, que cresceram 2,35% e 0,93%, respectivamente, nos cinco primeiros meses do ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Já arrecadação vinculada à produção industrial acumula queda de 2,05% nos cinco primeiros meses de 2019, na comparação com o mesmo período de 2018.

Em maio, as receitas administradas por outros órgãos (principalmente royalties do petróleo) totalizaram R$ 2,535 bilhões. As receitas administradas pela SRF (como impostos e contribuições) chegaram a R$ 110,753 bilhões, uma variação real de 1,84% em relação a abril do ano passado.

Agência Brasil

Rodada da XIII Copa do Interior definiu os primeiros classificados

0

A rodada deste domingo (23) pela 13ª Copa do Interior de 2019, definiu os primeiros clubes classificados para as quartas de finais da competição.

Vaz Sports, Peñarol da Quadra VI, Monte Alegre, Atlético Tancredo Neves e Flamengo do Plano já estão matematicamente garantidos na próxima fase.

Na rodada do próximo final de semana, serão definidos os últimos classificados para a 2ª fase.

RODADA DE DOMINGO (23.06.2019) RESULTADOS

Grupo 1 – Monte Alegre

Arsenal (B5) 2 x 0 Náutico B5

Monte Alegre 6 x 2 Juventus B6

Grupo 2 – Quadra VI

Atlético Q. VIII 0 x 4 Portuguesa Q. XI

Peñarol Q. VI 3 x 0 Corinthians Q. XIII

Grupo 3 – Quadra B4

PSG Café da Mata 5 x 0 Café da Mata

Sport B3 0 x 2 Vaz Sports

Grupo 4 – Plano B

Tancredo Neves 2 x 0 Juventus B1

Flamengo 2 x 1 Vila Davinópolis

Classificação dos Grupos

Grupo 1

Monte Alegre – 09 pts

Arsenal B5 – 03 pt

Juventus B6 – 03 pt (-2 )

Náutico B5 – 03 pts (-3)

Grupo 2

Peñarol Q. VI – 07 pt

Portuguesa Q. XI – 05 pt

Atlético Q. VIII – 03 pts

Corinthians Q. XIII – 01 pt

Grupo 3

Vaz Sport – 09 pts

Atlético B4 – 07 pt

PSG Café da Mata – 04 pts

Café da Mata – 03 pts

Sport B3 – 00 pt

Grupo 04

Atlético T.Neves – 07 pts (6 gs)

Flamengo PB – 07 pts (3 gs)

Vila Davinópolis – 03 pts

Juventus B1 – 00 pt

Moro desiste de ir à audiência na Câmara para falar sobre mensagens vazadas

0
Presença do ministro estava agendada para quarta-feira. Moro não ofereceu nova data para falar aos deputados sobre as mensagens publicadas pelo site The Intercept Brasil

Depois de passar 9 horas no Senado na semana passada dando explicações sobre mensagens atribuídas a ele e a procuradores da Lava Jato pelo site The Intercept Brasil, o ministro da Justiça, Sergio Moro , cancelou a ida à Câmara marcada para quarta-feira, dia 26. Por meio de sua assessoria, o ministro limitou-se a comunicar que não poderia comparecer, sem propor uma nova data para a audiência.

Moro marcou as audiências no Senado e na Câmara assim que o caso veio à tona com o objetivo de enfraquecer as iniciativas da oposição de propor uma CPI sobre o caso. A assessoria do ministro foi questionada sobre o motivo do cancelamento e ainda não respondeu.

Fonte: IG

 

Garoto de Nova Olinda do Maranhão conquista título na base do Náutico de PE

1

O garoto Richarles Baldez, que é natural de Nova Olinda do Maranhão é foi revelado na Escolinha do NOEC conquistou neste domingo (23) seu 1º título na base do Clube Náutico de Pernambuco.

Richarles foi campeão da Copa Ouro na categoria sub 15 pelo clube pernambucano no estado do Rio Grande do Norte.

No início do ano, o Náutico conquistou o vice-campeonato da Copa Catende. Após o título, o garoto novaolindense ganhou uma semana de folga e virá visitar seus familiares em Nova Olinda do Maranhão.

A próxima competição será o campeonato pernambucano sub 15.

Desemprego de longo prazo cresce 42,4% entre 2015 e 2019

0

O número de brasileiros que procuram trabalho há pelo menos dois anos chegou a 3,3 milhões no primeiro trimestre de 2019, destacou hoje o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea). O número de desempregados de longo prazo é 42,4% superior ao do mesmo período de 2015, primeiro ano da recente recessão da economia brasileira.

Uma das responsáveis pelo estudo, a técnica de planejamento e pesquisa do Ipea, Maria Andréia Parente Lameiras, disse que o mercado de trabalho é “o pior retrato” da crise econômica enfrentada no país e afeta mais os trabalhadores menos escolarizados e as famílias de menor renda.

“Estamos com o mercado de trabalho ainda muito deteriorado, embora nos últimos meses a gente veja alguma reação. Mas a crise tem dificultado a geração mais forte de postos de trabalho”, afirmou. “Além de reagir depois da economia como um todo, a reação [do mercado de trabalho] costuma ser muito lenta no começo”.

O estudo do Ipea analisou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, as mulheres são mais afetadas do que os homens pelo desemprego de longo prazo, e 28,8% das desempregadas estão nessa situação há pelo menos dois anos. No caso dos homens, o percentual é de 20,3%.

Os trabalhadores do Norte e do Nordeste sofrem mais com o desemprego de longo prazo do que os do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, e os moradores de regiões metropolitanas estão mais expostos a isso do que os das áreas não metropolitanas.

Os pesquisadores mostram ainda que o número de desempregados que procuram trabalho há pelo menos dois anos cresce mais rápido entre os jovens. Apesar disso, na faixa etária de 40 anos ou mais, 27,3% dos desempregados estão nessa situação.

O cenário deteriorado do emprego no país fez com que subisse o número de domicílios que não têm nenhuma renda proveniente do trabalho. O percentual de famílias nessa situação chega a 22,7%, o que se reflete em mais pressão sobre a taxa de desemprego, uma vez que outros membros das famílias passam a buscar o mercado de trabalho para reforçar a renda familiar.

A avaliação do Ipea é de que a recuperação do mercado de trabalho vem ocorrendo de forma gradual e só poderá atingir patamares mais expressivos no ano que vem, o que está condicionado à velocidade de tramitação e à aprovação da Reforma da Previdência no Congresso Nacional. Maria Andreia prevê que uma tramitação mais rápida pode elevar a confiança do mercado e produzir efeitos para o início de 2020, e uma aprovação mais demorada pode adiar a recuperação para o segundo semestre do ano que vem.

“Neste momento tudo está condicionado à aprovação da reforma e a que reforma será aprovada. O timing da reforma é fundamental”.

Agência Brasil