Concurso IBGE: Governo autoriza seletivo com 6,5 mil vagas

As vagas serão para agentes de pesquisa e para supervisores. O contrato deverá ter o prazo de até um ano, com possibilidade de prorrogação.

O Governo Federal, na última sexta-feira (11), autorizou a abertura de processo seletivo para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 6.500 vagas temporárias.

O edital para abertura da inscrição será divulgado nos próximos 6 meses e o prazo de duração de contratos deverá ser de 1 ano, podendo ser prorrogado.

As vagas são para agentes de pesquisa e para supervisores, com contratação para 2021.

Os profissionais de que trata o caput poderão ser contratados a partir de janeiro de 2021 para operacionalização das pesquisas permanentes de natureza estatística e geocientífica do IBGE”, Diário Oficial da União.

Confira as vagas previstas:

Função Quantidade
Agente de Pesquisas e Mapeamento 5.623
Supervisor de Coleta e Qualidade 552
Agente de Pesquisas por Telefone 300
Supervisor de Pesquisas 25
Total 6.500

Nova Olinda do MA registra 04 casos de COVID 19 nesta segunda-feira.

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 15:30 horas desta segunda-feira (11), o Boletim Epidemiológico, onde foi registrado  QUATRO (04) casos positivos de COVID 19 em Nova Olinda do Maranhão.

Foram realizados oito (08) testes em pacientes com sintomas gripais e com suspeita de COVID 19, sendo QUATRO positivos e quatro negativos. Três homens e uma mulher testaram positivo para o novo coronavírus.

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 750 testes.

O número de casos confirmados subiu de  334 para 338 casos desde o início da Pandemia.

143  pacientes do sexo masculino e 191 pacientes do sexo feminino.

321 pacientes já estão curados em Nova Olinda do Maranhão

 

Câmara empossa vice-prefeito de Cândido Mendes, após afastamento do titular

Após o afastamento do prefeito de Cândido Mendes, José Ribamar Leite de Araújo , mais conhecido como Mazinho Leite, a Câmara Municipal da cidade empossou, neste domingo (13), o vice-prefeito, Jofran Braga. A determinação é do Ministério Público do Maranhão (MPMA) pelo período de 180 dias.

Blog do Neto Weba

Mais 11 novos óbitos de Covid-19 no Maranhão

De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde do Maranhão, deste domingo (13), sobre a Covid-19, foram registrados onze novos óbitos (um na Região Metropolitana e dez no interior maranhense), mais 107 novos casos (66 na Região Metropolitana e 41 no interior maranhense).

Com isso, o balanço atual do coronavírus no Maranhão é o seguinte: 162.583 casos, com 3.580 mortes, 152.672 pessoas recuperadas, 5.125 suspeitos e atualmente são 6.331 ativos.

Sobre os leitos, atualmente a ocupação de leitos de UTI na capital é de 31,58%, já de leitos clínicos é de 13,87%. No interior, com exceção de Imperatriz, a ocupação de leitos de UTI está em 16,74% e leitos clínicos em 15,94%. Já em Imperatriz, a ocupação de leitos de UTI alcançou 74,07%, já de leitos clínicos, a taxa é de 79,01%.

Vale destacar ainda que, até o momento, já tivemos 3.404 profissionais da Saúde infectados, mas com 3.319 recuperados e, infelizmente, 62 óbitos durante toda a pandemia.

Os nove novos óbitos vieram: Balsas (01); Bacabal (01); Campestre do Maranhão (01); Caxias (01); Codó (01); Fortaleza dos Nogueiras (01); Imperatriz (01); João Lisboa (01); Lago dos Rodrigues (01); São Luís (01) e Paulo Ramos (01).

Blog do Jorge Aragão

Prefeito de Cândido Mendes é afastado pela Justiça

O prefeito foi afastado por improbidade administrativa devido a irregularidades constatadas em licitação e contratos para reforma de escolas municipais.

A Justiça atendeu ao pedido do Ministério Público do Maranhão (PMMA) e determinou, na sexta-feira (11), o afastamento de José Ribamar Leite de Araújo do cargo de prefeito do município de Cândido Mendes por 180 dias.

Mazinho Leite, como era conhecido o prefeito, sofreu uma Ação por improbidade administrativa devido a irregularidades constatadas em licitação e contratos para reforma de escolas municipais. Além dele, também foram alvos da ação a advogada Edna Maria Cunha Andrade, o servidor municipal Cleberson Sousa de Jesus, a empresa construtora Akrus LTDA e o empresário Reginaldo Gomes Melonio.

Na manifestação ministerial, foi requerida a indisponibilidade dos bens do prefeito e dos outros envolvidos no valor de R$ 1.427.787,82, para reparar de forma solidária, o dano e garantir a execução de multa de até 100 vezes o valor de remuneração recebida pelo agente publico.

O prefeito já tinha sido preso anteriormente, no dia 19 de agosto, pela Polícia Civil em conjunto com o Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), durante a Operação Cabanos. Ele foi preso em flagrante por posse ilegal de armas de fogo, além disso, na residência do gestor foram encontrados mais de R$ 400 mil reais em espécie.

O Imparcial

Agências do INSS retomam atendimento presencial nesta segunda-feira (14)

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomam as atividades presenciais a partir de hoje (14) em todo o país. Nesta primeira fase de reabertura, somente os atendimentos agendados previamente serão realizados nas agências, incluindo, em alguns casos, a retomada da perícia médica previdenciária, que ocorrerá apenas em unidades específicas.

De acordo com o INSS, cerca de 600 agências estarão reabertas. O número representa menos da metade das unidades do INSS, mas corresponde às maiores agências, as que tem maior capacidade de atendimento. O governo deve divulgar ao longo da semana a lista completa das agências abertas, mas o segurado já pode consultar a informação no aplicativo Meu INSS ou no telefone 135.

“As pessoas só devem ir às agências estando com agendamento prévio feito pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS. Qualquer dúvida pode ser tirada pelo 135 ou pelo chat Helô. dentro do aplicativo”, afirmou o presidente do INSS, Leonardo Rolim Guimarães, na última sexta-feira (11), ao anunciar a reabertura. O horário de funcionamento das agências será de 7h às 13h, de segunda a sexta.

“Um outro ponto importante que a gente precisa lembrar as pessoas é que não devem procurar agendamento para aqueles serviços que podem ser feitos de forma remota, por exemplo, uma aposentadoria, pensão, salário-maternidade. Esses serviços continuam sendo feitos remotamente”, acrescentou Rolim.

Fonte: Agência Brasil

Maranhão registra mais de 161 mil casos confirmados de Covid-19

Nas últimas 24h o estado registrou 1.026 novos casos e 10 mortes pela doença.

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta sexta-feira (11), mostrou que o Maranhão já totaliza 161.994 casos confirmados e 3.560 mortes por coronavírus. Nas últimas 24h foram registrados 1.026 novos casos e 10 mortes pela doença.

De acordo com o boletim, o interior do estado é onde está o maior número de novos casos registrados com 984, a ilha de São Luís registrou 29 e Imperatriz 13.

Dos mais de 161 mil casos, 6.490 estão ativos. Desses, 6.089 estão em isolamento social, 250 internados em enfermaria e 151 em leitos de UTI.

O estado já registra 151.944 pessoas recuperadas da doença. Mais de 356 mil testes foram realizados, 191.666 casos foram descartados e hoje (10), o número de casos suspeitos é 5.050.

Segundo informações da SES, o estado tem 421 leitos de UTI e 1.041 leitos clínicos. Desse total, 129 dos leitos de UTI estão ocupados e 202 dos clínicos também.

Também de acordo com o boletim, os 10 novos óbitos notificados, aconteceram nas seguintes cidades: Açailândia (1), Balsas (1), Campestre do Maranhão (1), Pedreiras (1), São Luís (1), Codó (2) e Imperatriz (3).

Dos novos óbitos registrados no estado, nenhum aconteceu nas últimas 24h. Todos são de dias e/ou semanas anteriores e aguardavam o resultado do exame laboratorial para Covid-19.

O Imparcial

Ex-deputada Cristiane Brasil se entrega à polícia

A ex-deputada Cristiane Brasil se entregou à polícia, no meio da tarde desta sexta-feira (11). Segundo o Ministério Público (MP), ela se apresentou na Corregedoria-Geral da Polícia Civil. Cristiane Brasil teve a prisão preventiva decretada em operação desencadeada no início da manhã, que também levou à prisão o secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes. 

No caminho para se apresentar, Cristiane gravou, no carro, vídeos para uma rede social, dizendo estranhar que a operação seja referente a fatos de 2013 e que aconteça justamente a poucos meses das eleições municipais.

Mais cedo, a ex-deputada, que é filha do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, por meio de nota se defendeu das acusações, afirmando se tratar de uma clara perseguição política. “Tiveram oito anos para investigar essa denúncia sem fundamento, feita em 2012 contra mim, e não fizeram pois não quiseram”, diz a nota.

O caso

Segundo o MP, as investigações que levaram à prisão da ex-deputada constataram fraudes em contratos para diversos projetos sociais na Fundação Leão XIII, entidade estadual voltada para o atendimento a populações de baixa renda e moradores de rua do Rio de Janeiro, e também nas secretarias municipais de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida e de Proteção à Pessoa com Deficiência do Rio de Janeiro, de 2013 a 2018.

Ainda de acordo com o MP, a organização criminosa era composta por três núcleos, o empresarial, o político e o administrativo, atuando para que fossem direcionadas licitações no município do Rio e no estado, visando à contratação fraudulenta das empresas Servlog Rio e Rio Mix 10, mediante o pagamento de propinas a servidores públicos, que variava de 5% a 25% do valor do contrato.

Com o apoio do Tribunal de Contas do Estado (TCE), constatou-se que as fraudes licitatórias efetivamente causaram danos aos cofres públicos em contratos que, somados, chegam a R$ 117 milhões.

Agência Brasil

TSE recebe pedidos de tropas federais para eleições de 15 de novembro

Os pedidos são para Amazonas, Mato Grosso do Sul e Maranhão

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, informou hoje (11) que recebeu três pedidos de envio de tropas federais para garantir a segurança do primeiro turno das eleições municipais de novembro. Até o momento, foram recebidos pedidos da Justiça Eleitoral do Amazonas, Mato Grosso do Sul e do Maranhão para 106 municípios, ao todo. Cabe ao presidente analisar as requisições. 

Os pedidos para atuação de militares das Forças Armadas são comuns em todos os pleitos e são formulados pelos tribunais Regionais Eleitorais (TREs), com a finalidade de garantir a normalidade da eleição, o livre exercício do voto e o bom andamento da apuração dos resultados. A atuação está prevista no Código Eleitoral.

Após receber o pedido de requisição de tropas federais, o TSE costuma deferir a medida. Em seguida, a autorização é encaminhada ao Ministério da Defesa, pasta responsável pelas ações desenvolvidas pelas Forças Armadas.

Nas eleições gerais de 2018, o TSE autorizou o envio de tropas para 510 municípios em 11 estados. Nas eleições municipais de 2016, foram 467 municípios de 14 estados.

Devido à pandemia da covid-19, o Congresso promulgou emenda constitucional que adiou o primeiro turno das eleições deste ano de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno, que seria em 25 de outubro, foi marcado para 29 de novembro.

Os eleitores vão às urnas para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Agência Brasil

Maranhão registra média de 300 casos violência contra a mulher por mês, diz defensoria

De janeiro a agosto de 2020, núcleo especializado da DPE/MA já registrou 2.400 casos de violência doméstica.

De acordo com dados do núcleo especializado da Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), em 2020, o Maranhão já registrou, de janeiro a agosto, um total de 2.400 atendimentos de casos de violência contra a mulher. Isso representa uma média de 300 registros por mês.

Segundo a defensora pública Lindevania Martins, a maior parte dos casos de agressão ocorre no seio familiar, praticada por companheiros e ex-companheiros, com quem a mulher tem filhos. Mulheres com vínculos de dependência financeira e psicológica também estão entre as que mais sofrem.

Um estudo divulgado no fim de 2019 pela 2ª Vara da Mulher de São Luís do Tribunal de Justiça do Estado, mostrou que 46% das mulheres agredidas são solteiras e estão na faixa etária dos 26 aos 34 anos de idade.

O estudo apontou que 41% dos agressores são solteiros ou conviveram durante boa parte de suas vidas com as vítimas. Além disso, em muitos casos, quem pratica a violência está sob o efeito de álcool e drogas.

Em São Luís, as decisões sobre as medidas protetivas são tomadas pela 2ª Vara Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, que fica instalada na Casa da Mulher Brasileira, no bairro Jaracaty.

“É a cultura do machismo, a cultura da propriedade que existe, que domina algumas e isso é uma questão que a gente tem que desconstituir, que a gente tem que quebrar paradigmas para poder realmente enfrentar essa violência”, disse a juíza Lúcia Helena Helluy.

G1 Maranhão