Sampaio bate o Figueirense e reassume a segunda colocação

O Sampaio bateu o Figueirense, de virada, por 2 a 1, no Estádio Orlando Scarpelli, na abertura da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O resultado mantém os maranhenses no G4 e na briga pelo acesso.

Os catarinenses precisavam da vitória para respirar na luta contra o rebaixamento e começaram abrindo o placar no início do primeiro tempo com com Lucas Barcelos. O Sampaio aos poucos equilibrou o jogo e por duas vezes esteve perto de empatar a partida.

No fim do primeiro temo, o Figueirense teve a chance de ampliar o placar numa cobrança de pênalti que Diego Gonçalves cobrou, mas o goleiro Gustavo fez grande defesa para o Sampaio.

No segundo tempo, o Sampaio voltou melhor e dava muito trabalho ao goleiro Sidão, até que aos 20 minutos, numa cobrança de falta, Marcinho fez um golaço para o Tricolor.

Com o empate do Sampaio, a partida ficou aberta, pois o Figueirense buscava o gol da vitória. Até que nos acréscimos, o atacante Jackson marcou o gol da vitória maranhense 2 a 1.

Com o resultado, o Sampaio subiu para 40 pontos, a mesma pontuação do América-MG, mas assumiu a segunda colocação no número de vitórias. Na próxima rodada, o Sampaio enfrenta o Brasil-RS, na sexta-feira (28), às 19h15, no Estádio Castelão, em São Luís.

BLOG DO ZECA SOARES

Polícia prende suspeitos de ocultação de documentos públicos

O crime ocorreu em Itaipava do Grajaú. Com a dupla foram encontrados documentos públicos, procedimentos licitatórios e notas de empenho

A Polícia Civil do Maranhão prendeu dois suspeitos de ocultação de documentos públicos na cidade de Itaipava do Grajaú, Maranhão. De acordo com as informações, os documentos eram da prefeitura do município.

Através de denuncia anônima, a Polícia Civil chegou aos suspeitos que estavam com os documentos. Eles estavam em veículo Ford KA e um Fiat Strada a caminho do residencial Vila Esperança, onde pretendiam destruir os documentos.

Com os suspeitos foram apreendidos documentos públicos, procedimentos licitatórios e notas de empenho.

Fonte: O Imparcial

Secretário especial de Fazenda descarta auxílio emergencial em 2021

“Não trabalhamos com extensão do auxílio emergencial”, disse secretário de Fazenda ao apresentar dados do relatório bimestral de receitas e despesas orçamentárias. Para ele, o valor é “significativo”.

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, descartou a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial em 2021.

“Eu repito aqui uma frase já posta várias vezes pelo ministro Paulo Guedes (Economia), e também reverberada por outras pessoas e eu me incluo, é que nós não trabalhamos com extensão do auxílio emergencial”, afirmou Waldery a jornalistas, nesta sexta-feira (20/11), a durante a apresentação virtual do 5º Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas do Orçamento da União, onde reduziu a previsão de R$ 861 bilhões para R$ 844,5 bilhões a previsão para o rombo das contas do governo central (que inclui Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social) deste ano, na comparação com o boletim anterior.

O Imparcial

Homem é preso por suspeita de ter cometido feminicídio contra companheira em Viana

Um homem foi preso na última quarta-feira (18), na zona rural do município de Cajari (interior do Maranhão), por suspeita de ter cometido o crime de feminicídio contra a companheira.

O crime teria ocorrido no último dia 1 de novembro em um bar em que a vítima frequentava com o companheiro, no município de Viana. O indivíduo teria assassinado a mulher com uma facada em seu pescoço.

O homem teria fugido após cometer o crime contra a vítima, mas foi localizado pela polícia após investigações.

A prisão ocorreu pela Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia Regional de Viana, em parceria com as Delegacias de Matinha e Vitória do Mearim, no povoado Ponta Grande.

O Imparcial

Nenhum caso de COVID em Nova Olinda do MA nas últimas 24 horas

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 15:30 horas desta  quinta-feira (19), o Boletim Epidemiológico, onde não  foi registrado NENHUM caso  positivo de COVID 19 em Nova Olinda do Maranhão nas últimas 24 horas.

Apenas um (01) paciente com sintomas gripais realizou o teste nesta quinta-feira (19), com resultado NEGATIVO.

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 824 testes.

O número de casos confirmados manteve-se em 369  casos desde o início da Pandemia.

Na última semana ocorreram registro de SEIS (06) casos. E nesta semana já foram notificados QUATRO (4) casos positivos.

157  pacientes do sexo masculino e 212 pacientes do sexo feminino.

361 pacientes já estão curados em Nova Olinda do Maranhão.

Homem é preso transportando seis quilos de crack em Boa Vista do Gurupi

O preso assumiu o transporte do entorpecente e afirmou que a droga teria como destino final a cidade de Carutapera.

A Polícia Civil do Maranhão prendeu um homem que transportava seis quilos de crack dentro de um microônibus de transporte interestadual, na cidade de Boa Vista do Gurupi, nessa quarta-feira (18).

Segundo a polícia, o dono do entorpecente apresentou comportamento nervoso, e ao ser revistado, a equipe policial encontrou seis tabletes de crack dentro de uma bolsa. O preso assumiu o transporte do entorpecente e afirmou que a droga teria como destino final a cidade de Carutapera.

A equipe da Polícia Civil recebeu informações acerca do tráfico de drogas nesses meios de transporte, com finalidade de abastecer cidades do interior do Maranhão. Passou então a realizar abordagem nos veículos e revista nas bagagens.

Central de Notícias

Covid-19: novo procedimento da Anvisa deve acelerar registro de vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) definiu os procedimentos de submissão contínua de dados técnicos para o registro de vacinas contra a covid-19. A Instrução Normativa nº 77/2020 foi aprovada ontem (17) pela diretoria colegiada do órgão e publicada hoje (18) no Diário Oficial da União.

Segundo a Anvisa, os diretores também dispensaram a análise de impacto regulatório e consulta pública para o registro devido ao grau de urgência da vacina e gravidade da doença.

“A medida possibilitará acelerar a disponibilização à população brasileira de vacinas contra o novo coronavírus, desde que demonstradas qualidade, segurança e eficácia conforme os requerimentos técnicos e regulatórios vigentes”, informou a agência, em comunicado.

No procedimento de submissão contínua, os dados técnicos deverão ser encaminhados à Anvisa conforme forem gerados. Assim, as empresas interessadas no registro de vacinas não precisam ter em mãos todos os documentos reunidos para apresentá-los ao órgão regulador.

Submissão contínua

Esse procedimento será normatizado apenas para as vacinas contra covid-19 a serem registradas no país. Segundo a Anvisa, outras autoridades regulatórias de referência, como a dos Estados Unidos, da Europa, da Suíça e da China, já utilizam a submissão contínua em situações específicas.

A proposta da Anvisa prevê o atendimento a dois critérios para uso desse procedimento diferenciado. Um deles se refere à exigência de um dossiê de desenvolvimento clínico de medicamento referente à vacina proposta, protocolado na agência. Outro critério é que a pesquisa esteja em fase 3 de desenvolvimento clínico.

As vacinas que tiverem a análise iniciada pelo procedimento de submissão contínua poderão ser submetidas ao pedido de registro formal após a conclusão da análise do último aditamento protocolado.

Além disso, a empresa deve ter dados suficientes de qualidade, eficácia e segurança para o estabelecimento de uma relação positiva de benefício e risco da vacina, considerando a indicação terapêutica solicitada à Anvisa.

A instrução normativa publicada hoje regulamenta artigo da Resolução nº 55/2010 da Anvisa, que diz que a empresa solicitante do registro poderá procurar a Coordenação de Produtos Biológicos para discutir aspectos relacionados ao desenvolvimento do produto, antes da submissão da documentação de registro.

Agência Brasil

Sequestradores de gerente de banco morrem em confronto com a polícia

As vítimas do sequestro foram resgatadas nesta terça-feira (17)

Após o sequestro do gerente de um banco juntamente com sua família, dois suspeitos morreram ao trocar disparos contra policiais militares. As vítimas do sequestro foram resgatadas nesta terça-feira (17), o crime ocorreu em Codó, a 219 km de São Luís.

Durante o confronto, os dois criminosos foram atingidos e socorridos pela própria polícia em seguida. Segundo as informações policiais, os indivíduos estavam escondidos em um matagal já no município de Caxias.

Os suspeitos, que não tiveram suas identidades reveladas pela polícia, foram levados para cidade de Caxias para serem tratados em uma unidade hospitalar, mas morreram por não resistirem aos ferimentos.

Dois revólveres com munições usados pela dupla foram apreendidos pelos militares. Apesar do confronto, a polícia não informou se haviam outros sequestradores escondidos na região da mata.

Fonte: O Imparcial

 

Nova Olinda do MA volta registrar casos positivos de COVID

A Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 15:30 horas desta  quarta-feira (13), o Boletim Epidemiológico, onde  foi registrado mais DOIS (02) casos  positivos de COVID 19 em Nova Olinda do Maranhão nas últimas 24 horas.

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 823 testes.

O número de casos confirmados subiu de 367 para 369  casos desde o início da Pandemia.

157  pacientes do sexo masculino e 212 pacientes do sexo feminino.

361 pacientes já estão curados em Nova Olinda do Maranhão.

Bandidos deixam gerente com explosivos ao corpo durante assalto a banco em Codó, no Maranhão

Toda a família do gerente foi feita refém. Bandidos queriam usar a vítima para sacar dinheiro da agência.

Durante o assalto a uma agência do Banco do Brasil, bandidos deixaram o gerente amarrado a explosivos em Codó, a cerca de 300 km de São Luís. O caso foi registrado na manhã desta terça-feira (17).

De acordo com o coronel Jurandy Braga, toda a família do gerente foi feita refém. A ideia dos bandidos era usar o gerente para sacar e entregar o dinheiro ao bando. No entanto, a polícia chegou na agência e os criminosos fugiram sem levar dinheiro.

“Colocaram um suposto artefato explosivo preso ao corpo dele. Ele veio para o banco, a mando dos bandidos, para sacar dinheiro e dar para eles”, afirmou o coronel.

Após a chegada da polícia, o gerente ainda ficou esperando por horas, dentro da agência, com as bombas coladas ao corpo, porque o batalhão da cidade não possui especialistas em desarmamento de explosivos. No início da tarde, os especialistas chegaram de São Luís e retiraram as bombas.

A família do gerente também foi resgatada, na zona rural de Codó. Até a tarde desta terça-feira (17), a Polícia Militar ainda procurava pelos assaltantes.

G1 Maranhão